sábado, junho 28

A fala de um Pai revoltado. Dá para sentir a emoção...


Todos conhecem o meu filho e sabem do seu comportamento nesta sociedade. Fatos dessas natureza vem ocorrendo com freqüência em nossa sociedade, porém não posso julgar a todos por uma atitude particular de um componente da corporação. Existe bons e maus policiais, porém a minha revolta parte quando bandidos disfarçados de policiais, depois de cometerem delitos, são apoiados por comparsas da corporação que sem apurar os fatos preenchem boletins policiais a seu bel prazer e de maneira que possa defender a corporação e o bandido, atribuindo calunia e difamando as suas vitimas como no presente caso, e ainda assim com a ratificação da minha corporação até então corporação jogam nas redes sociais, na imprensa falada e escrita e tenta persuadir a sociedade que o meu filho vitima foi o causador. Nenhuma investigação foi feita por parte de quem devia fazer, a policia civil, mesmo assim fazem denuncias sem nenhuma fundamentação com o intuito de esconder a verdade,mas a verdade vai aparecer. Estou com Jorginho aqui em petrolina submetendo- se a mais uma cirurgia no hospital neurocardio e sem que vai dar tudo certo, após vou apresentar a verdade aos covardes que não tem coragem de me encarar e tem prejudicar meus filhos. Obrigado a sociedade de Salgueiro pela solidariedade, obrigados aos meus amigos. Vai dar tudo certo!


Este texto foi compartilhado pelo amigo Jorge Agente em seu perfil no Facebook. O texto está do jeito que ele postou, com erros, porque assim foi que ele escreveu, foi assim que ele sentiu na hora. É um texto carregado de emoção: dor, raiva, frustração, indignação, revolta e fé. Tudo isso se mistura na fala de um homem de bem, que eu conheço pessoalmente a mais de 30 anos. É gente da gente. É gente boa.

Ele acredita na recuperação do filho. Eu também. A cidade inteira também. E o Blog está atento e vai cobrar das autoridades, como já tem feito no outro lamentável caso recentemente acontecido, uma dura apuração dos fatos e aplicação das sanções cabíveis ao meliante. Sim, MELIANTE!!!

Eu, daqui, oro a Deus pela recuperação do também amigo Jorginho. Pois todos nós, cidadãos de bem, queremos vê-lo como na foto abaixo. Força Jorge e toda sua família, Deus é maior do que tudo isso... e logo teremos Jorginho com sua alegria cativante entre nós.


24 comentários:

  1. Esse comentário do pai da vítima me fez lembrar o caso que aconteceu com o sobrinho do vereador Almir que veio a óbito por conta de um acidente de transito ocorrido por um comerciante de Salgueiro,a polícia militar adulterou a cena do crime, o botim de ocorrência foi preenchido todo com fatos inverídicos, a delegacia não prestou o seu serviço corretamente e ainda tem funcionários deste departamento que coloca o processo desse incidente lá embaixo dos outros para nunca chegar a julgamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deveria ter mencionado que tal rapaz que morreu era um imprudente, que estava fazendo pega com o um amigo e que foi ele que se matou não foi em que ele bateu que simplesmente estava entrando numa rua e dando sinal, no qual o tal rapaz vinha fazendo pega e pela contramão e colidiu no tal veículo. e pra seu governo tiveram varia testemunhas na frente da ACS presenciaram tudo, mas cada uma fala o que que né?

      Excluir
  2. Este tipo de merda só acontece em Salgueiro quando "Pms" estão envolvidos! Ou eu estou errado!?

    ResponderExcluir
  3. Rapaz, não ia nem manifestar-me sobre tal caso, mas já que li tanta baboseira junta, resolvi trocar um dedo de prosa.
    TODOS, veja bem, eu disse: TODOS que vão às festas em Salgueiro e cidades circunvizinhas sabem que a vítima em questão já se envolveu em inúmeras confusões, até aí "tudo bem", porque não é pelo de fato de tal pessoa estar no centro de discussões e brigas que ele seja meliante/vagabundo ou algo do tipo. Talvez seja toda a sociedade que esteja errada e ele certo, quem sabe não é? Enfim, qualquer pessoa não saberia responder, pois não estava no devido momento e poderia sair aquele conhecido "disse me disse" e envolveria todo um falatório infundado. Pois bem, não estou falando porque ouvi uma conversa aqui e outra ali, estou falando por experiência própria. Há alguns anos, a mesma vítima, que veio a receber um disparo de arma de fogo na última noite festiva de São João, viu minha esposa e eu passando e ainda assim soltou uma gracinha para o lado dela chamando a mesma para dançar, aonde ela me disse que não deveria esquentar minha cabeça, pois tal pessoa era assim, se achava cheio de direito por uma e outras situações e que mais na frente ele ia encontrar alguém que fosse igual a ele e que não aguentasse desaforo. Tive que respirar fundo, olhar para frente e relevar, pois sabia que ela realmente estava falando a verdade. Enfim, tá aí! Não tiro a razão do pai em querê-lo defender, pois também sou pai e iria até as últimas consequências para proteger meus filhos. Mas também sou pai para poder repreender os mesmos e orientá-los. Lamento profundamente o fato ocorrido, pois esse não é o caminho correto a seguir e estou torcendo para que a vítima recupere-se o mais breve possível. Só queria afirmar que sempre existem dois lados da moeda.
    Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é um relato. e eu prezo todas as opiniões. tanto que publico quase todos os comentários. como é o caso do seu...

      Excluir
    2. Gostei do seu manifesto, a vítima e a família deste são muito é cheio de direitos, se acham os bacanas pq tem quem dê apoio.Mas independente desejo que Jorginho se recupere e saia dessa sem sequelas.

      Excluir
    3. concordo em genero, numero e grau !

      Excluir
    4. Muito fácil dar uma opinião escondido sob o véu do anonimato.
      Vivemos em um país livre. Qualquer cidadão pode emitir uma opinião pessoal. Mas, garanto-lhes Srs. Anônimos, que o que for dito será avaliado levando em conta o proclamante, claro, se este se mostrar.

      Excluir
    5. Eu admiro muito sua expresão

      Excluir
  4. Força Jorge e Jorginho!!

    ResponderExcluir
  5. Em Salgueiro,a fórmula para se conseguir um assassinato é a seguinte: Pegue um policial fora de serviço, adicione cachaça e um desentendimento (geralmente causado por chifre, futebol, vaga de estacionamento e bobagens a fim) e o resultado é um cidadão estirado no chão. A culpa disso reside no próprio sistema utilizado para vigiar e punir os crimes e irregularidades dos policiais (a corregedoria da polícia, que, no final das contas, são os próprios policiais), além disso, o desarmamento compulsório da população cria um sentimento de poder muito grande na ''elite-armada-estatal'' fenômeno que não é novo nem inédito, observe-se a prepotência dos samurais durante a era medieval, onde apenas esta casta podia portar armas.

    ResponderExcluir
  6. Jorge. Tbm foi autor de inumeros boletins policiais falsos... seu filho e outros, sempre usaram a sua pessoa pessoa para fazer merda... Jorge ja fez um monte de gente. Chorar. Onde estavam os direitos destas pessoas....talvez suprimidos por politicos e pelo medo... enqto ele cuida do seu filho ja tem capataz dele falando q vai morrer gente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente,estamos diante de um caso sério:é um meliante que se acha no direito de tirar vidas.Este seu comentário mediocre só tende a beneficiar um bandido.E por que será,heim?

      Excluir
  7. amigos... vamos orar pelo filho de Jorge. ele sim precisa de nossas orações...

    ResponderExcluir
  8. Anônimo que ta falando tanta merda aparece pow e mostra quem é vc !!! Se Jorginho pode blz e se vc não pode é pq vc é um pobre filho da puta puxa saco de policial merda que se eu pudesse eu matava tudinho e colocava vc no meio seu puto!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reclama de anonimato mas tu msm escreve sem se identificar. Aplausos pra vc!

      Excluir
  9. CAROL PIRES30 junho, 2014

    Covardes sao essas pessoas que se escondem atras do anonimato para denegrir a imagem de alguem. Tentem mensurar a dor que essa familia está passando e ainda tendo que ler esse tipo de besteira!!!!

    O que aconteceu com Jorginho poderia ter acontecido voce (anonimo) ou com qualquer um dos seus!! Um Pai estar em busca da verdade é mais que um dever, é um direito que lhe assiste!!!

    Afinal, precisa sim ser investigado com honestidade, precisa sim de uma dura apuração dos fatos com veracidade e aplicação das sanções cabíveis contra quem cometeu este ato. Se Jorginho tivesse errado, teria que pagar pelo erro tb, mas nao foi o caso.

    E que a justiça seja feita, nao pelas maos dos homens, mas a justiça de Deus tb tarda e nao falha. Força para a familia de Jorge Agente!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso nada mais é do que um reflexo que só agora está escancarado aí pra todo mundo ver. Reflexo esse de arrogância, prepotência com um toque de "superioridade".
      Concordo com você que um projétil de munição possa atingir qualquer pessoa, mas peço somente que se faça uma pergunta: qual a probabilidade maior de ser atingido por um disparo, você aí que anda dentro dos conformes ou quem se envolve em diversas confusões?
      Vai saber como seria a situação se fosse um mero civil que tivesse levado esse soco no nariz, que foi dado pela vítima, caído no chão no chão do banheiro todo cheio de urina e indefeso? Talvez não resultasse em nada por aquele termo já mencionado no início desse tópico, a tal "superioridade" em questão por parte da atual vítima.
      E como assim, "se Jorginho tivesse errado"? Procure primeiramente informar-se corretamente dos fatos ocorridos que você vai saber do que estou falando.

      Excluir
  10. Não sei oque aconteceu, só sei de uma coisa,têm sempre um mais valente.Leseira é o que pensar que pode fazer tudo confiando na família,"OLHEM AI O PREÇO DA BURRICE"

    ResponderExcluir
  11. "Se eu pudesse eu acertaria era na loteria,no minimo esse mane já levou uns tapas na orelha da policia"

    ResponderExcluir
  12. sr, Jorge tenha fé em deus que seu filho vai sair dessa, estou longe dessa cidade mais pessoas maravilhosas como vc e Jorginho são poucos ai em salgueiro. Jorginho meu querido estou orando por vc tenha fé tudo vai da certo, e não ligue para que o povo fala de vc, quem ficou para juga foi deus e mais ninguém. adoro sua família.

    ResponderExcluir
  13. BRENER SAMPAIO01 julho, 2014

    Sou policial militar e sinto um lamento profundo pelo acontecido, entendo que todos devam dar suas opiniões em relação a o fato em discussão, mas acho que homem que homem não se esconde atras de uma tela de computador,para expor suas tão arquitetadas palavras, seja homem amigo e se exponha!!!

    ResponderExcluir
  14. ENGRAÇADO FALAM MAL DA POLICIA, QUANDO PRECISA E A POLICIA Q CHAMA.

    ResponderExcluir