Patrocínio

Patrocínio

terça-feira, março 29

O que acontece com o Governo Dilma com a saída do PMDB do Governo?

Temer e Calheiros: decidiram que é hora do PMDB  pular do barco do Governo Dilma.
"Os ratos são os primeiros a abandonar o barco antes dele afundar". Essa é uma máxima que todos, creio eu, conhecem bem. Pois é, tenham certeza de que essa frase passou e está passando pela cabeça da cúpula petista com o que o PMDB ( a parte Governista, é claro ) vai fazer nesta terça: desembarcar do Governo Dilma, praticamente em Bloco. Até acho que a frase nem se aplica tanto assim ao PMDB, mas tenho certeza de que Lula e cia pensaram nela. Isso é certo.

Nunca houve, de fato, um casamento entre PT e PMDB no Governo Dilma, muito pela atroz falta de tato da Presidente diga-se. Ela tem muita, mas muita mesmo, dificuldade de se relacionar e entende tanto de política quanto um bebe de 6 meses. Mas isso era sabido por todos muitos antes dela ser eleita, mas foi a forma encontrada por Lula para deixar os "lobos" petistas fora de uma disputa cruel pela sucessão. Acontece que, está bem claro agora, não deu certo. 

Dilma está na lona, com pouquíssima aprovação popular, com a economia em frangalhos ( dia desses Lula atribuiu ao Juiz Sérgio Moro a culpa por isso ) e enfrentando um Processo de Impeachment ( que não é golpe, como disseram quase que todos os Ministros do Supremo ) ela perderá votos preciosos na luta para manter seu Governo. Segundo contagens otimistas hoje Dilma teria, no máximo, 160 votos, sendo que são necessários ao menos 172 votos para derrubar o processo na Câmara. 

Analistas dizem que Dilma e o PT estão em busca de Deputados desgarrados em troca de cargos, que ficariam livres com a saída da maior parte do PMDB. A situação que não era boa agora está ainda pior. Aguardemos para ver os desdobramentos destas terça para que possamos saber o quão danoso será. Lembrando que o Temer que agora arquiteta a saída do PMDB do Governo é o que, caso o Impeachment chegue ao fim e Dilma saía do poder, é quem assuma a Presidência. E com Renan Calheiros como o maior aliado. Estamos é ferrados mesmo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário