Patrocínio

Patrocínio

quarta-feira, maio 11

Ontem foi Delcídio do Amaral, hoje é Dilma Rousseff

O triste fim de um Senador que eu, admito, admirava...
Por 71 votos, com uma única abstenção, o plenário do Senado Federal cassou o mandato de Delcídio do Amaral, ex-líder do Governo Dilma. Ele que foi o segundo Senador da história a ser preso no exercício do mandato, estava sem partido desde que foi expulso pelo PT. 

Delcídio foi preso por tentar obstruir as investigações da Lava Jato. Pretendia manter o Mandato e escolher outro partido para terminar o mandato. Não deu certo e agora está inelegivel por 8 anos, fora a pena que sofrerá pela Justiça Federal. Sem falar agora perdeu o Foro Privilegiado que detinha por ser Senador.

Hoje ( ou talvez amanhã ) a vez é de Dilma, que deve ser afastada por larga margem. Existem contas que sugerem que até 60 Senadores votem SIM na Sessão que começou às 09:00 e não tem hora para terminar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário