Patrocínio

Patrocínio

sábado, agosto 6

Primeira medalha do Brasil na Rio 2016 carrega uma ironia fantástica

Guilherme Paraense em sua farda militar...
Felipe Wu com a Prata também é Militar
A primeira participação do Brasil em jogos completa 96 anos. Aconteceu em 1920 na Antuérpia, Bélgica. Naqueles jogos o Brasil conquistaria 3 medalhas, o que só voltaria a repetir na Cidade do México em 1968. Acontece que essas medalhas foram uma de cada cor, ou seja, uma de Ouro, uma de Prata e uma de Bronze. Todas na mesma modalidade: Tiro. E o mais incrível é que na primeira edição dos Jogos em nosso País venha exatamente do Tiro a primeira medalha. 

Essa é a ironia fantástica. Guilherme Paraense conquistou a primeira medalha do Brasil 96 anos atrás e Felipe Almeida Wu conseguiu a prata, a primeira nossa nesta edição. Quer mais ironia? Ambos são militares. Guilherme era - a época dos Jogos - Tenente e Felipe é Sargento das Forças Armadas. Além do Ouro de Guilherme, o Brasil ainda conseguiu uma por equipes e a Prata com Afrânio da Costa.

Felipe perdeu o Ouro na Pistola Livre de 10 metros no último tiro, quando o adversário vietnamita conseguiu um tiro praticamente perfeito. Ele tem apenas 24 anos e por isso tem um futuro pela frente. Ele ainda voltará a competir na Pistola Livre de 50 metros. Nossos heróis de quase 100 anos atrás ganharam companhia. E o Brasil consegue uma medalha onde não era cotado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário