Patrocínio

Patrocínio

terça-feira, agosto 16

Thiago Braz faz história e conquista o Ouro no Salto com Vara

Ele desafiou o campeão olímpico e venceu!!!
Salto com Vara, Final Olímpica. Dizendo assim alguns leitores do Blog talvez até lembrem de Fabiana Murer. Mas o dia 15 de Agosto será lembrado como o dia em que um brasileiro de 22 anos desafiou o então campeão olímpico, mundial, recordista mundial e olímpico Renaud Lavillenie. O dia em que ele virou campeão e recordista olímpico. O dia em que este blogueiro chorou. E muito...

Ele não era um azarão por completo. Tinha marcas que o colocavam como candidato a medalha dos mortais, ou seja, a prata. Foi saltando, subindo as marcas e a medalha vinha se aproximando. De repente, ficou só ele e o francês. Ele já era prata, mas ai o rival saltou 5,98m, que já era recorde olímpico. Foi ai que veio o momento mágico: talvez tocado por Deus, ele resolveu subir a sarrafo para 6,03. 

Detalhe importante: o salto mais alto dele antes era de 5,92m, que ele já superara antes. O francês foi flagrado rindo, talvez perguntando "quem esse brasileiro pensa que é?". Ele logo saberia. Renaun errou os dois primeiros saltos na marca de 6,03m, e Thiago errou o primeiro. Mas ai... veio o milagre: ele superou - com sobras - a marca, batendo o recorde olímpico. O francês - atônito - teve que arriscar sua última tentativa para 6,08m. E errou. E o Engenhão veio abaixo.

Thiago consegue um lugar no panteão dos heróis nacionais. E um herói abusado. Que será para sempre lembrado. Por mim ao menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário