Patrocínio

Patrocínio

sábado, junho 4

Cassius Clay ou Muhammad Ali: não importa o nome, ele é o maior boxeador da história

Clay ou Ali tanto faz, todos sabem quem ele foi...
Este blogueiro nasceu em 1974, em Março. Em Outubro aconteceria a verdadeira e única Luta do Século XX ( para mim a maior de todos os tempos ). Nela estariam presentes Muhammad Ali contra o então campeão George Foreman. Vários são os motivos que tornam esta luta imortal:
  • Foreman era, acreditem, considerado imbatível e vinha destruindo seus rivais;
  • Ali, ao contrário, era considerado acabado para o Boxe;
  • Foi o maior evento até então ( nenhum outro reuniu tantas pessoas ) com mais de 100 mil pessoas da história do Boxe. Poucos esportes conseguiram público tão alto;
  • Nascia outra lenda: o agente Don King;
  • Foi o primeiro evento de primeira grandeza realizado na África, no caso no antigo Zaire ( atual Republica Democrática do Congo ), em sua capital Kinshasa;
  • As bolsas ( pagamentos dos boxeadores ) foi o maior até então;
  • E o show que Ali deu durante o combate ao cansar Foreman que desferia golpes a esmo enquanto que Ali se poupava e desviava da maioria dos golpes.
Hoje Ali, oficialmente, nos deixou aos 74 anos. Sim, oficialmente pois ele sofria a 30 anos de Mal de Parkinson. Manteve ativo o quanto pode, tendo 20 anos atrás acendido a Tocha Olímpica na Cerimônia dos Jogos de Atlanta 96. Reverenciado por muitos outros esportistas, segundo Pelé ele - Ali - é quem merecia o prêmio de atleta do século XX.

Deixa-nos o homem que já era lenda em vida. Agora é um mito muito raro. Desde já estou com saudades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário