quinta-feira, agosto 30

Belmonte: MPPE ajuíza ação contra o Prefeito Romonilson Mariano



O Prefeito de São José do Belmonte, Romonilson Mariano, é alvo de Ação Civil Pública. em decorrência de ato doloso de improbidade administrativa. O Ministério Público Estadual ajuizou ação perante a Comarca local, em razão do descumprimento da recomendação do órgão no sentido de que procedesse à nomeação dos aprovados no último concurso.

Na ação, (457-58.2018.8.17.3330) ajuizada ontem ( 29 ), a Promotora de Justiça pede que o Poder Judiciário determine ao Município que, no prazo de 30 dias, nomeie todos os aprovados (dentro do número das vagas previstas ) no último concurso, em substituição aos contratos temporários, que deverão ser rescindidos.  Ao final, pede a condenação do gestor nas sanções previstas no artigo 12, III, da Lei 8.429/1992 (improbidade), com base em artigos que podem configurar ação dolosa aos cofres públicos. 

Fonte: Belmonte Verdade

terça-feira, agosto 28

Mendonça recebe mais apoios e já contabiliza 29 prefeitos da base do Governo




O deputado e candidato ao Senado, Mendonça Filho (DEM), recebeu nesta segunda-feira (27/08),  oficialmente o apoio de mais 14 prefeitos da base do Governo Paulo Câmara para a sua candidatura ao Senado. Com o apoio recebido, hoje,  Mendonça conta agora com 29 prefeitos da base do Governo na zona da mata, no agreste e no sertão e de partidos como o PSB, PSD, PR, PDT, MDB, PHS e Solidariedade. No almoço de adesão, Mendonça recebeu, ainda, o apoio do deputado Federal, pastor Eurico (Patriota),  também da base de Paulo Câmara. “Levamos adiante os projetos de interesse de cada município pernambucano de toda as regiões e agora recebo o reconhecimento em forma de apoio a minha candidatura ao senado”, comemorou Mendonça.

Para o prefeito de Flores, Marconi Santana(PSB), o apoio a Mendonça é um reconhecimento pelo trabalho a frente da educação do País e um estímulo para que os avanços continuem. “Mendonça melhorou bastante a questão do transporte escolar, com novos ônibus, a merenda escolar que também foi reajustada, os avanços nas escolas municipais e é por isso que votamos em Mendonça, Educação em primeiro lugar”, declarou o prefeito de Flores.

O prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB) elogiou o trabalho de Mendonça a frente do Ministério da educação e sua conduta ética. “É muito importante ter um ficha limpa no Senado com disposição para a mudar e competência para ajudar. Quando Mendonça foi ministro ele ajudou os municípios independente de partido e isso fortifica muito o trabalho”, pontuou.

Segundo o deputado Pastor Eurico, do Patriotas, o trabalho e o perfil de Mendonça Filho é o que o fazem a melhor opção para o Senado. “Mendonça é um referencial,um homem que fez a diferença no congresso, um político ficha limpa e que faz um trabalho sério”, declarou. Quando ministro da Educação, Mendonça liberou mais de R$ 3 bilhões para obras,  programas e ações para todos os municípios de Pernambuco sem discriminação política e garantiu o destrave de obras e serviços.

Estiveram presentes no almoço desta semana,  os prefeitos George Bezerra, de Camocim de São Félix; Ednaldo Peixoto de Jucati; Adilson Timóteo, de Inajá; João Lira, de Bom Jardim; Marconi Santana, de Flores; Pel de São José da Coroa Grande; Jadiel Braga, de São Caitano; Rildo Reis, de Amaraji; Osvaldinho, de Goiana; Sérgio Hacker, de Tamandaré; Maviel Cavalcante, de Macaparana; Elimario Farias, de Barreiros;  Ulisses Filho, de Timbaúba e Evandro Valadares, de São José do Egito. 

A expectativa do democrata é que até meados de setembro outros nomes sejam oficializados.

Pesquisa BTG Pactual traz números interessantes para quase todos. Quase todos





O BTG Pactual realizou uma pesquisa por telefone, usando métodos científicos e registrada no TSE. OS números são, digamos assim, interessantes para quase todos os candidatos e partidos. Quase todos. Antes de antecipar, digo que eu recebi a pesquisa em primeira mão hoje cedo, antes de a mesma ser distribuída para os meios de comunicação.

De um modo geral, o melhor resultado é para João Amoêdo, do Novo, que aparece bem posicionado pela primeira vez em uma pesquisa ao pontuar com 3% no cenário espontâneo, ficando em terceiro. E isso a frente de Ciro, Alckmin e Marina ( cenário que não tem imagem nesta postagem ). Mas trago este dado para mostrar que ele começa a cativar um publico com sua pregação liberal. Cabe ser observado. Adiante...

Nas 2 sondagens estimuladas é onde estão os dados mais interessantes: Lula mantém-se no patamar de 35% e não surpreende. As surpresas estão no cenário sem ele, que é o que de fato vale: Bolsonaro sobe pouco ( de 22 para 24% ), mas Marina cresce muito ( de 9 para 15% ), Alckmin e Ciro melhoram um pouco ( 6/5 para 9/8% ). Haddad tem 5% e Amoêdo aparece com 4%. E é aqui que as coisas começam as notícias não tão boas assim para o petismo.

A pesquisa fez uma comparação entre os cenários 1 e 2 de como se comportaram os eleitores. E quem mais herdou os votos de Lula foi Marina Silva ( Rede, com 17% ), seguida de Haddad ( com 12% ), com Bolsonaro ( PSL ), Ciro ( PDT ) e Alckmin ( PSDB ) herdando todos 9%. Mas é percentual de ninguém que surpreende ( 25% ). Ou seja, um quarto do eleitores de Lula não escolheram ninguém. Algo que fica mais evidente na outro gráfico, quando os pesquisadores testaram como pensam os eleitores quando Lula aparece como fiador da campanha de Haddad.

Neste cenário, 18% dizem que certamente votos, 13% poderiam votar e 64% não votariam de maneira alguma. Porque isso é ruim para o PT? O teto de crescimento de Haddad é de 31%, isso se somarmos os que votariam cegamente em alguém apoiado por Lula e o que poderiam votar. Acontece que isso pode ser possível para se chegar no segundo turno, mas não para vencê-lo. 

E pela pesquisa, Marina tem uma vertente de crescimento, enquanto que Bolsonaro parece consolidado acima dos 20%. Geraldo Alckmin mesmo não indo assim tão bem, aposta no tempo de TV que terá e tende a crescer alguma coisa. E eles herdam votos no cenário sem Lula, o que é o real. O PT depende de que Lula tenha de fato poderes "sobrenaturais" para transferir os votos para Fernando Haddad. Existe quem vá olhar que Haddad esteja no segundo turno com este percentual possível de votos ( 31% ). E nem é algo improvável, diga-se. 

Mas como vencer num ainda distante segundo turno, quando 64% dos entrevistados dizem que não votariam nele de jeito algum? Existem bons sinais para quase todos os candidatos... quase todos, mas Haddad não é um deles, com certeza.

terça-feira, agosto 21

Candidatos de Salgueiro: Alvinho Patriota 20700


Eleições 2018: Vídeos dos Candidatos a Deputado Estadual por Salgueiro

Quer conhecer os candidatos a Estadual de Salgueiro?
Eu entrei em contato com o candidatos, ou suas assessorias, a Deputado Estadual filhos de Salgueiro e pedi que os mesmo enviassem vídeos para o Blog. Sem tema fixo, sem tempo determinado ( embora tenha dito que não fossem grandes demais ), para que os mesmos se apresentem e deixem alguma mensagem para os leitores do Blog. 

Os vídeos não terão qualquer tipo de edição e nem terão algum texto do Blog. Será apenas o vídeo do candidato que decidir enviar. Os candidatos contactados foram ( sem qualquer ordem ):

  • Fábio Lizandro, o Fabinho, do PSC;
  • Alvinho Patriota, do PSC;
  • Cleuza Pereira, PSB;
  • Bruno Marreca, do Solidariedade;
  • Vanbrugh Sá, do PROS.
Até agora, recebemos apenas o vídeo de Alvinho Patriota, que assim será o primeiro a ter seu vídeo postado amanhã, dia 22, logo nas primeiras horas. E assim será na ordem em que os vídeos chegarem. Assim o Blog dá sua contribuição para que o eleitor decida entre as 5 opções existentes.

Explicando a transferência de votos de Lula medida pelo IBOPE

Pesquisas nem sempre são fáceis de serem lidas...
No texto de ontem, sobre a pesquisa IBOPE para corrida presidencial eu usei como base a notícia do UOL, e postei que 60% dos entrevistados que disseram votar em Lula não votariam em Haddad de jeito nenhum. É uma meia verdade...

Estes 60% são, digamos assim, 100% dos eleitores brasileiros. Deste total, 60% não votam ( ou votariam ) em Fernando Haddad, atual vice na Chapa do PT mas que será o candidato quando o TSE negar a candidatura de Lula. Este número é, portanto, a rejeição total ao nome de Haddad. E continua não sendo uma boa notícia para o PT, porque Haddad tem chances zero de vencer no primeiro e com este patamar de rejeição ele não vencerá jamais no segundo turno, seja contra quem for.

Mas um texto publicado hoje no Site Estadão traz - digamos assim - os dados completos. Segundo o IBOPE no que tange os votos de Lula ( 37% segundo a pesquisa ) 50% votarão ou poderão votar em Haddad com apoio do ex-presidente, o que poderia levar o atual vice ao patamar de até 18%. Mas cabe um porém: nestes 50% não foi destrinchado quantos votam CERTAMENTE e quantos PODEM votar em Haddad com apoio de Lula. Dos outros votantes, 39% não votariam de jeito nenhum no ex-prefeito de São Paulo. 

Trocando em miúdos: os dados não são tão desastrosos quanto pareciam, mas estão longe de ser o rio de leite que os petistas gostariam que a pesquisa mostrasse. E eu faço a correção em nome das boas informações.